sábado, novembro 11, 2017

Escolas, Pais, Networks and Partnerships



Feedback a tod@s!!!

A Escola Técnica Cesaltina Ramos, aonde estuda o meu filho que está no 12º Ano, promoveu hoje uma reunião para discutir o Sistema Nacional de Qualificações.
Apareceram apenas 10 Pais e Encarregados de Educação.

Apenas 10.

Numa das apresentações que fiz para quadros do Ministério da Educação mostrei os eixos sistematizados pelo projecto XQProject - Rethink High Schools in America.
Networks and Partnerships, o nosso grande "drawback", tem exactamente a ver com este aspecto. Como engajar a comunidade e criar uma rede de relevância para a Escola.

Há técnicas para isso. Saber implementar é o desafio.

1. 21st Century Challenges
2. Youth Experience
3. Science of Learning
4.School Mission
5. Teaching and Learning
6. Student Agency
7. Networks and Partnerships
8. Talent Training
9. Performance and Management Evaluation
10. Time, Space and Technology
11. Financial Model Sustainability
12. Governance
13. Implementation Capacity

Estamos a olhar para isto?

sexta-feira, novembro 10, 2017

Forum da Educação - Mais um ou é desta vez que quebramos o ciclo?

Se eu pudesse contribuir para este forum, abria a discussão com pelo menos isto, entre outras referências.

Mais do que nunca é preciso fazer o show case das nossas proprias experiências e, sobretudo, da experiência dos outros que têm os recursos para reinventar o caminho.


1. A experiência da Finlândia

2. XQProject - Rethink High Schools in America



3. Tenth Island Project - By Bob Barboza and Angelo Barbosa
https://sondisantiagu.blogspot.com/2016/07/weduit-cabo-verde-international-science.html

terça-feira, outubro 31, 2017

Greeners


Estes são os Greeners. Ganharam o 1º Hackathon / Climathon (https://climathon.climate-kic.org/) the Cabo Verde.

Qual a instituição, empresa ou pessoa na República que irá levar a sério a solução que desenvolveram. 
Qual o jornalista que vai pegar neste caso para o tornar notícia?

O que é que a escola aonde estudam esses alunos vai fazer com estes "cientistas"?

sexta-feira, outubro 27, 2017

Tabuada da Regionalização

Importa ler os números "very close"...




Tese


O maior obstáculo para o desenvolvimento de Cabo Verde? 

Recursos Humanos!

A defesa será num dos próximos Fóruns.

quinta-feira, outubro 26, 2017

Hackathon para o pessoal do Género


Qual a prioridade?
Financiar a Cristilena dos Santos para Miss mundo (tenho a consciência que é, e pode ser interessante), ou promover um Hackathon com 1000 belas jovens caboverdianas, em simultâneo, para resolverem problemas concretos da sua comunidade?

terça-feira, outubro 24, 2017

A tal Morosidade da Justiça


100 mil processos pendentes. Parece muito.

Quantos por tipo?
Quantos por ilha?
Que triagem?
Qual o melhor fluxo?
Que prioridades?
Que critérios?
Quantos tratam?
Quem monitora?
Que ferramentas se usa para gerir este processo?

Este problema deve ficar apenas sob a responsabilidade dos juristas, advogados e pessoal dentro do sistema?

Como é que outras "ciências" podem ajudar, já na próxima segunda feira, a acelerar a decisão sobre os processos pendentes?

Se nada disto funcionar, Watson (https://www.youtube.com/watch?v=sbwEO8-Vox0)  nos processos.

Epa!


Estarei eu a fazer exactamente a mesma coisa que há 10 anos atrás?
Ou será que quando se entra no campo da política, já não interessa ouvir quem está fora?

"A prova disto é que grande parte das pessoas que em 2005 e 2006 tinham blogues e faziam as mesmas críticas que eu fazia então, hoje continuam a fazer as mesmas coisas que já faziam há dez anos atrás. Ou seja, se quisermos continuar naquela crítica contra tudo e todos e não quisermos agir, temos uma carreira garantida para a eternidade sem sairmos do mesmo lugar. Eu hoje sou ministro, e não é que isto seja alguma coisa de extraordinário, mas estou a ter a oportunidade real de contribuir"

segunda-feira, outubro 23, 2017

FMDL


48 horas depois do Fórum de Desenvolvimento Local, a malta veio celebrar as recomendações...

domingo, outubro 22, 2017

Amar Pelos Dois e o Belo na Tapadinha

Quando esta belissima música ganhou o festival EuroVisão, na voz de Salvador Sobral, passei dias a assobiar a melodia e os arranjos.

É de se admirar cada verso e cada harmonia.
O meu encantamento foi ainda maior quando fiquei a saber que os arranjos foram feitos pela incrivel sensibilidade do amigo Luis Figueiredo (http://www.luisfigueiredo.net/), músico e professor que tive a oportunidade de conhecer alguns anos atrás.

Esta música teve vários covers pela Europa e em várias línguas.
Recentemente em Espanha, apareceu um sósia do Sobral para também fazer uma interpretação magistral do tema (https://goo.gl/kNvzW3).

Porque razão, tantas músicas lindas não são tocadas e retocadas pela nossa comunidade musical, jovem e graúda?
Isto obriga àquela tal outra pergunta complicada, o que é o que achamos bem feito, ou se quisermos, belo e estético.

Tiro o chapéu a Adriel Pires, que mesmo estando na China, foi também contagiado pela beleza desta música, e fez talvez a única homenagem crioula para Amar Pelos Dois (https://www.facebook.com/adriel.pires.5/videos/1531553850243125/).