Here Comes the Snow


Mudando de clima e de mind set.

Snow, SnowSnow, here it comes
SnowSnowSnow, here it comes
SnowSnowSnow, here it comes
SnowSnowSnow, here it comes
SnowSnowSnow, here it comes

Que é isto de inovar em sala de aula?

Há dias que marcam...

Conheci a Professora Naldina Montrond, num dos tais workshops na Praia.
Nesse encontro ela me fez uma pergunta concreta. Como inovar na sala de aula?
Na altura, a minha resposta pode ter sido meio vaga, mas indiquei algumas possibilidades.
A Professora Naldina Montrond, regressou para Santo Antão e voltou a fazer-me a mesma pergunta.
Então decidimos fazer uma aula diferente com os alunos.

Preparamos um ambiente de apresentação, usamos o TeamViewer entrei remotamente, e fizemos duas actividades com os alunos do 4º ano.

Primeiro usamos o site da NASA (https://eyes.nasa.gov/curiosity/) para mostrar aos alunos o que se passa neste momento em relação ao projecto para a missão a Marte.
Na verdade, fomos todos a Marte, pois usamos a interatividade da aplicação para fazer o "rover" (que se encontra neste momento a fazer investigação no planeta), deslocar-se para diferentes pontos.


Depois, aproveitando o facto de os alunos estarem neste momento a estudar "Sólidos Geométricos", usamos o Khan Academy (www.khanacademy.org) para fazer vários exercicios.
Os alunos ficaram maravilhados. A participação, as perguntas e o interesse superaram todas as expectativas.
Obrigado Professora Naldina Montrond, por criar esta oportunidade aos alunos da escola Pólo Educativo 1 A - Alto Peixinho, em Santo Antão.
Obrigado aos alunos pela fantástica participação.
E eles querem mais!
É tempo de Special Projects, com ou sem Planos Estratégicos.
Talvez seja isto, inovação em sala de aula?

Let´s do?

Marketing Provinciano


Parabéns à CVTelecom na missão nobre de apoiar a educação.

Agora, a cada inauguração forçar o seu "bad taste on innovation", fazendo um Centro de Informática ter que mostrar o tal de POWER SWAG é de tirar o sono.

Do lado do Ministério da Educação, alguém deve por um stop neste Marketing provinciano.

Educação, Cultura e Orçamento 2018 - Passo Seguinte


“Em 2018 o orçamento da cultura sofre uma evolução positiva de 29.8".
“O orçamento do Sector da Educação, representa 17.3 %do Orçamento Geral do Estado."

Em Cabo Verde sempre se alocou dinheiro para a Educaçao, a Cultura ou para qualquer outro sector entendido pelo Governo como relevante para o desenvolvimento.

Por isso, o mero destaque dos números pode não significar muito.
Numa perspectiva de PASSO SEGUINTE, aproveitava para deixar as seguintes perguntas, motivado pelo trabalho de vários anos de pesquisa e intervenção junto de instituições em todos os níveis de ensino em Cabo Verde.

As perguntas são formuladas com base nas categorias seguintes, definidas de acordo com uma recente pesquisa realizada nos Estados Unidos.

1. Desafios do século XXI
2. Experiência Juvenil
3. Ciência da Aprendizagem
4. Missão da Escola
5. Ensinar e aprender
6. Agência de Estudantes
7. Redes e Parcerias
8. Treinamento de Talentos
9. Avaliação de desempenho e gerenciamento
10. Tempo, espaço e tecnologia
11. Sustentabilidade do Modelo Financeiro
12. Governança
13. Capacidade de Implementação

Vão as perguntas:

1. O que os alunos precisam aprender hoje para ter sucesso no futuro?
2. Como podemos ajudar os jovens a serem criativos e auto-suficientes, descobrir o que lhes interessa, e dominar e aplicar o que aprendem?
3. Como podemos capacitar os jovens para contribuir em debates sobre educação?
4. Em função dos avanços na ciência da educação e da aprendizagem, quais são as implicações no sistema escolar?
5. Qual é a missão da Escola que queremos construir?
6. Como desenvolver uma Cultura que deve guiar o sentido do desenvolvimento da Escola?
7. O que é essencial para uma aprendizagem eficaz hoje?
8. Como criar uma abordagem de aprendizagem centrada no aluno?
9. Qual o modelo de práticas de ensino inovadoras?
10. Como capacitar os alunos para contribuir para a sua própria aprendizagem?
11. Como expandir os limites da aprendizagem para além da escola?
12. Como construir uma rede de relevância para permitir aos alunos experiências de aprendizagem dinâmicas?
13. Como recrutar os melhores recursos humanos para as escolas?
14. Como engajar diversidade, conhecimento e educadores na Escola?
15. Que conhecimento especializado existem nas Escolas?
16. Como medir o progresso individual dos estudantes e de toda a Escola?
17. Como quebrar as regras sobre quando e onde a aprendizagem acontece?
18. Como estruturar a utilização do tempo, do espaço e da tecnologia para realizar os objetivos da Escola e criar uma aprendizagem centrada nos alunos?
19. Qual deve ser o modelo de Gestão e de Financiamento das Escolas?
20. Temos um plano de acção estratégica amplamente consensual sobre as Escolas?

Mais do que o Orçamento, que é importante, há gente a formular estas perguntas e a pensar nas respostas?
Espero que sim.

É que senão, este aumento da verba terá exactamente o mesmo efeito que aquele orçamento de 1975.
Garantir o funcionamento da máquina.
Estamos em 2018 já.



Yes, Under the Sun!

Qual a tua música de fundo hoje?

Your song in the background for today is?


"We spend our lives 
rearranging everything 
under the Sun.."

Imagine



Em Cabo Verde, pais ultra pequeno, a música devia ser essencialmente usada para educar e inspirar.

Não como totalmente distracção!
Para imaginarmos...

Let´s do?

A Luz Branca da Palavra is reaching the Far West.

Gaveta Branca, o poema da luz branca da palavra is standing em Califórnia.
O poeta peregrino, o noctâmbulo, anda agora pelas coordenadas 33.792370, -118.117325.
E começa a saga pelo Far West.


Quem anda a nos tramar...


Em matéria de estátuas, bustos e outros símbolos alguém anda a nos tramar.
O Amílcar Cabral aqui na Praia está de cara para o Cemitério e o que se fez no Sal é simplesmente uma vergonha.
E o Papa...
E depois, temos o tal homem de pedra...
e depois a Cesária...
e depois Corsino Fortes...
e depois Aristides Pereira...

e já a seguir teremos mais uma pedrada.

Precisamos de um Curador para estátuas e monumentos?

Escolas, Pais, Networks and Partnerships



Feedback a tod@s!!!

A Escola Técnica Cesaltina Ramos, aonde estuda o meu filho que está no 12º Ano, promoveu hoje uma reunião para discutir o Sistema Nacional de Qualificações.
Apareceram apenas 10 Pais e Encarregados de Educação.

Apenas 10.

Numa das apresentações que fiz para quadros do Ministério da Educação mostrei os eixos sistematizados pelo projecto XQProject - Rethink High Schools in America.
Networks and Partnerships, o nosso grande "drawback", tem exactamente a ver com este aspecto. Como engajar a comunidade e criar uma rede de relevância para a Escola.

Há técnicas para isso. Saber implementar é o desafio.

1. 21st Century Challenges
2. Youth Experience
3. Science of Learning
4.School Mission
5. Teaching and Learning
6. Student Agency
7. Networks and Partnerships
8. Talent Training
9. Performance and Management Evaluation
10. Time, Space and Technology
11. Financial Model Sustainability
12. Governance
13. Implementation Capacity

Estamos a olhar para isto?

Forum da Educação - Mais um ou é desta vez que quebramos o ciclo?

Se eu pudesse contribuir para este forum, abria a discussão com pelo menos isto, entre outras referências.

Mais do que nunca é preciso fazer o show case das nossas proprias experiências e, sobretudo, da experiência dos outros que têm os recursos para reinventar o caminho.


1. A experiência da Finlândia

2. XQProject - Rethink High Schools in America



3. Tenth Island Project - By Bob Barboza and Angelo Barbosa
https://sondisantiagu.blogspot.com/2016/07/weduit-cabo-verde-international-science.html